Ir para o conteúdo

Prefeitura de Varginha - MG e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura de Varginha - MG
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
OUT
30
30 OUT 2023
LIRAa classifica Varginha como médio risco e acende o alerta para a população intensificar os cuidados de prevenção da Dengue
enviar para um amigo
receba notícias
A Prefeitura de Varginha, por meio da Vigilância Ambiental, informa que foi realizado o 4º Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti - LIRAa, deste ano, nos dias 23, 24, e 25 de outubro. Esse levantamento consiste em visitar 20% dos quarteirões sorteados pelo programa do Ministério da Saúde. O LIRAa é realizado em todo território nacional, em cidades com índice de infestação com mais de 2 (dois) mil imóveis. 
    Nos imóveis visitados pelos Agentes de Combate às Endemias e Agentes de Vigilância em Saúde, além do tratamento e eliminação dos focos, foram recolhidos exemplares das larvas e pupas encontradas, que seguiram junto de formulário para o laboratório do Setor de Vigilância Ambiental, onde foi feita a contagem e a identificação das mesmas.
    Após todo esse trabalho, todos os dados foram lançados no sistema do Ministério da Saúde que classifica o município como Baixo Risco, Médio Risco ou Alto Risco de infestação. Varginha foi classificada como MÉDIO RISCO.
    No total geral foram encontrados 32 focos de Aedes aegypti. O bairro com maior número focos foi o Bom Pastor, sendo os vasos de planta e os baldes os recipientes predominantes.

O Setor de Vigilância Ambiental em conjunto com outras Secretarias do Município realiza diversas ações com frequência na cidade como o Mutirão de Limpeza, instalação de tampas em caixas d’ água de residências abandonadas ou de pessoas carentes, vistorias nos bairros com focos encontrados no LIRAa entre outros.
    “Orientamos toda a população redobrarem seus cuidados o ano todo, pois em qualquer estação a Dengue se faz presente”, diz Vânia Aparecida Silvério Nobre, encarregada do Setor de Vigilância Ambiental.

Todo morador deverá refletir sobre os riscos da doença e agir, tirando no mínimo 10 minutos por semana para verificar quintais e também o interior do imóvel, quanto aos depósitos de água parada. 
Dentre outros cuidados que devem ser tomados:
- vasos sanitários em desuso devem ser limpos e tampados 
- piscinas devem receber o tratamento adequadao
- caixas d´água tem que ficar sempre bem tampadas e amarradas
- calhas devem ser limpas com frequência
- ralos e caixas de gorduras devem ser vedados
- pratinho das plantas tem que conter areia ou gel umidificante
- plantas aquáticas devem ser evitadas 
- bromélias merecem atenção especial 
- recipiente de degelo da geladeira devem ser verificados com frequência.

A Prefeitura lembra que a “Dengue: ou a gente acaba com ela, ou ela acaba com a gente.”  
O Setor de Vigilância Ambiental comunica que nesta quarta-feira, 1º, não será realizado mutirão de limpeza, porém outra ação ocorre como a limpeza em imóvel na Rua Silva Bittencourt, no Centro.
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia