Ir para o conteúdo

Prefeitura de Varginha - MG e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Varginha - MG
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
OUT
25
25 OUT 2022
Fundação Cultural de Varginha realiza Mapeamento da Capoeira do município
enviar para um amigo
receba notícias
A Prefeitura de Varginha, por meio da Fundação Cultural, iniciou um levantamento on-line para o Mapeamento da Capoeira de Varginha. O objetivo é identificar e conhecer melhor a prática cultural no município, seus praticantes, mestres e grupos, com intuito de formular políticas públicas adequadas ao segmento cultural.
 
Para participar do mapeamento, os interessados podem preencher o formulário on-line disponível, a partir desta terça-feira, dia 25 de outubro, na plataforma Prosas. A participação de todos é fundamental para a construção conjunta de ações que permitam valorizar e fortalecer a prática da capoeira na cidade.

As informações coletadas pelo mapeamento subsidiarão também os estudos para o Registro da Capoeira como Patrimônio Cultural Imaterial de Varginha, cuja solicitação de abertura foi aceita pelo Conselho Deliberativo do Patrimônio Cultural do Município de Varginha, em 2021, atendendo a uma demanda de capoeiristas, mestres e grupos de capoeira.

ABERTURA DO PROCESSO DE REGISTRO DA CAPOEIRA

A abertura do processo de Registro da Capoeira como Patrimônio Cultural Imaterial de Varginha tem o objetivo de fazer com que o poder público reconheça oficialmente sua importância para a cultura varginhense e torne-se corresponsável pela continuidade da prática. Após a abertura do processo de Registro, a Coordenadoria Técnica do Patrimônio Cultural deve elaborar um dossiê no qual descreve o histórico da prática no município e em conjunto com a comunidade capoeirista, propor medidas de salvaguarda que deverão ser executadas a curto, médio e longo prazo. Concluído o dossiê, o estudo será encaminhado para o Conselho do Patrimônio para análise e deliberação, ocasião na qual a prática pode ser reconhecida oficialmente como patrimônio cultural da cidade. Tanto para a construção do dossiê de Registro, quanto para a elaboração de políticas públicas no âmbito da Fundação Cultural, é preciso estabelecer um diálogo profundo com os praticantes, conhecer suas múltiplas realidades e demandas.


 
Seta
Versão do Sistema: 3.2.10 - 11/01/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia