Prefeitura de Varginha

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Tapete vermelho em Varginha: premiações marcam final da Mostra Offcine

E-mail Imprimir PDF

Brasao

 

Neste fim de semana, Varginha foi palco de encontro de vários cineastas nacionais. Eles vieram até a cidade para comemorar a final da Mostra Offcine e curtir a exibição do filme “Juras”, realizado pelos alunos do projeto Offcine dirigido por Marina Azze. Durante todo o segundo semestre de 2018, aconteceram oficinas de cinema gratuitamente oferecidas na cidade e exibições de mais de 50 filmes na Mostra Offcine.

 

Para participar da Mostra Competitiva, os diretores de cada filme deveriam votar nos filmes concorrentes de sua categoria. A votação foi aberta e apresentada ao público no sábado (01/12) no Teatro Mestrinho, um diferencial da Mostra Offcine. Formaram uma Academia de Diretores, que assistiram os filmes concorrentes e deram suas notas, fazendo com que a votação fosse feita por quem trabalha no Cinema Nacional. “O Offcine 18 foi sensacional! Adorei ver os alunos sendo aplaudidos por grandes diretores e ter contato com o mundo do cinema. Foi maravilhoso!”, disse Lucas Marques, diretor do RJ.

 

Durante os dias desta final que começou na sexta-feira (30/11), o público pôde acompanhar apresentações de teatro dos alunos e voluntários do Offcine, o filme Juras, curta-metragem também realizado pelos alunos do projeto. E ainda, acompanhar debates com todos offcineiros e diretores que vieram até a cidade. Fazendo um intercâmbio cultural com os alunos do projeto. Que puderam não só ver os diretores, produtores e atores, bem como trocar suas experiências. “Que incrível essa experiência! Poder trazer o acesso ao cinema aos alunos, que em breve estarão quem sabe produzindo e dirigindo seus próprios filmes”, destacou Pablo Rosa, ator premiado por Imerso em teu Regaço.

 

A Mostra Offcine é uma realização da atriz e empreendedora cultural, Marina Azze. O projeto é viabilizado pela Prefeitura de Varginha e Fundação Cultural, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, e contou com o patrocínio da Inter Aduaneira – Assessoria em Comércio Exterior.

 

Na premiação, 45 troféus feitos pelo artista plástico varginhense Ramon Maia foram distribuídos. Acompanhe a lista dos premiados:

 

Categoria Curta-metragem Sul de Minas Gerais:

 

Melhor Direção – Marcelo Leme por Cão Maior

Melhor Roteiro – Alessandro Thomé por Cão Maior

Melhor Montagem – Jéssica Ferrari por Cão Maior

Melhor Fotografia – Lígia Maria por Cão Maior

Melhor Trilha Sonora – Guilherme Valim e Vertin Moura por Um Simples Papel

Melhor Filme – Cão Maior

Melhor Ator – Zé Pedro Baroni por Sinta

Melhor Atriz – Fernanda Garrido por Sinta

 

Categoria Curta-metragem Nacional:

 

Melhor Direção – Antônio Fargoni e Paulo Renato por Existe Esperança Maior Que O Amor

Melhor Roteiro – R.B.Lima por De Vez Enquando Quando Eu Morro Eu Choro

Melhor Montagem – Elisa Aleva por Agora Se Vira Meu Bem

Melhor Fotografia – Marco Ferreira por Debaixo Dágua

Melhor Trilha Sonora – Sílvia Beraldo por Está Tudo Aqui em Algum Lugar

Melhor Filme – Existe Esperança Maior Que O Amor

Melhor Ator – Damásio Marques por Existe Esperança Maior Que O Amor.

Melhor Atriz – Marina Azze por Agora Se Vira Meu Bem.

 

Categoria Média-metragem:

 

Melhor Direção – Ivann Willig por Escolhas

Melhor Roteiro – Marcoz Gomez por Não Me Deixe Aqui Sozinha

Melhor Montagem – Elisa Aleva por Ela Acorda Cedo

Melhor Fotografia – Lucas Marques por Imerso Em Teu Regaço

Melhor Trilha Sonora – Francis Vilela por Ela Acorda Cedo

Melhor Filme – Escolhas

Melhor Ator – Pablo Rosa – Imerso Em Teu Regaço

Melhor Ator Coadjuvante – Marcus Veríssimo por Dissonante

Melhor Atriz – Carolina Kasting por Escolhas

Melhor Atriz Coadjuvante – Carú Rezende por Mobile Haikai

 

Categoria Longa-metragem:

 

Melhor Direção – Edson Ferreira por Entre Turnos.

Melhor Roteiro – Daniel Lentini por A Morte Diária.

Melhor Montagem – Christian Schumacker E Anderson Coutinho O Abajour.

Melhor Fotografia – Olindo Estevam E Jerê Numes por Anita.

Melhor Trilha Sonora – Rodrigo S., Bill P., Antenna, João B., Fernando M., Ciro A., Bernardo S. por O Abajour.

Melhor Figurino – Anita.

Melhor Cabelo e Maquiagem – Janelas.

Melhor Filme – O Abajour.

Melhor Ator – Alex Reispor – O Abajour.

Melhor Ator Coadjuvante – Germano Pereira por Anita.

Melhor Atriz – Marina Azze – Janelas.

Melhor Atriz Coadjuvante – Vitória Raciane – Janelas.

 

Prêmios extras:

 

Honra ao Mérito – O Cara Da Placa – Doc Curta-Metragem

Honra ao Mérito – A Morte Diária – Doc Longa-Metragem

Honra ao Mérito – Mobile Haikai – Inclusão

Cineasta Inspiração do Offcine – Adriana Guerra por Sua Atuação em Lúcia Voltou A Fumar.

Aluno Revelação Projeto Offcine – Gabriel Raaposa.

Melhor Atuação Filme Juras – Malu Leite.

 

Final Mostra OFFCINE