Prefeitura de Varginha

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Secretaria Municipal de Saúde alerta

E-mail Imprimir PDF

Brasao

 

Secretaria Municipal de Saúde alerta sobre aumento de casos de

Doença Diarreica Aguda

Relatórios mostram o aumento dos casos de Doença Diarreica Aguda - de evolução rápida e que pode evoluir para gravidade. Os pacientes foram atendidos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e em unidades públicas de saúde, no período de 9 a 22 de abril. Os casos de DDA, são de Notificação Compulsória e os dados encaminhados para o Setor de Epidemiologia, em planilhas próprias. O relatório é encaminhado para as Unidades de Saúde, para que mantenham vigilância para ocorrência de novos casos. Neste caso acionamos a Vigilância Ambiental, que realizou  levantamento rápido através dos formulários procedentes da UPA e das Unidades de Saúde, pelo farmacêutico, Rafael Moreira Reis, referência do Setor de Vigilância  Ambiental que procedeu as ações nos locais de maior número de casos através da coleta de água das minas e das unidades de saúde.

Prevenção

O alerta é para que a população evite a doença com hábitos simples como lavar as mãos e os alimentos e tomar água potável. “São recomendações básicas que porém previnem grandes complicações, inclusive a Influenza e casos agudos de diarreia”, alertam especialistas em saúde.

Amostras de água

Foram realizadas coletas de amostras de água nos bairros Jardim Sion (UAPS e na Mina do Sion) e Centenário (UAPS/PSF e na Mina do Parque Centenário). Nas unidades de Saúde todas as análises se mostraram satisfatórias para os parâmetros coliformes totais, Escherichia coli, cloro residual livre e turbidez. Já nas minas, os resultados foram insatisfatórios, sendo que em 100ml de amostra foram encontrados coliformes totais como de Escherichia coli.

Maior número de casos por bairros:

Jardim Sion 24

Centenário 18

Centro 14

Mont Serrat 13

Damasco 12

Imaculada 12

Vila Murad 11

Santa Maria 11

Obs: Não foram divulgados ao bairros com menos de 10 casos notificados.

Ressalta-se, neste contexto, o parágrafo único do art. 12 da Portaria 2.914/2011 do Ministério da Saúde:

 “A autoridade municipal de saúde pública não autorizará o fornecimento
de água para consumo humano, por meio de solução alternativa coletiva, quando houver rede
de distribuição de água, exceto em situação de emergência e intermitência.”

 A água de minas constitui uma forma solução alternativa e o município de Varginha possui rede de distribuição de água nas áreas onde se situam as minas do Parque Centenário e do bairro Jardim Sion.